20 janeiro 2012

Coisas de menina #1 - Bilhetes de Amor e outras coisas...

"Coisas de menina" é a mais nova coluna do blog, escrita por Rafa Vieira e voltada para o público feminino(mas isso não quer dizer que os meninos não possam dar uma espiada  e comentada u.u rs). Vai ao ar toda sexta-feira a cada quinze dias!

Bilhetes de Amor e outras coisas...
  Bem, esta é a primeira coluna que estou escrevendo aqui para o blog da Danni e eu espero que seja a primeira de muitas e que (principalmente) vocês gostem!
  Vamos lá...
  Quando eu era da 6ª série um menino escreveu um bilhete para mim:
“O que é amor? É difícil de dizer, mas se você me perguntar eu vou te responder: amor é o que eu sinto por você”. 
  Eu nunca recebi este bilhete porque meu adorável irmão o interceptou e jogou fora – fiquei sabendo de detalhes por um amigo meu, enfim – mas foi o bilhete de amor mais lindo que eu (jamais) li! Eu não amava o garoto, amava o amigo dele. Então... Não existem explicações para o amor, é sentir e pronto. Você não pode forçar um garoto a te amar nem vice-versa.
  Talvez se o bilhete do Romero houvesse chegado nas minhas mãos eu tivesse “suspirado e beijado o papel devotamente”, esquecido instantaneamente do outro e me apaixonado desesperadamente por ele e hoje estivesse casada e com cinco filhos de cabelos castanhos lisos e sorrisos de covinhas. Ou talvez aconteceu como tinha que ser. Vai saber!
  O que eu acho é que a gente tem que apostar no que sentimos, tentar conseguir, se declarar, fazer alguma coisa – veja bem, não tô mandando você virar a psicopata que vai perseguir o cara pelo resto da vida, pelo amor de Deus não façam uma coisa dessas! – e ver no que vai dar. Mas também saber a hora de desistir e cair fora sem se lamentar por não ter feito algo, e sim de cabeça erguida e coração aberto, pois “nem todos que tentaram conseguiram, mas com certeza todos que conseguiram é porque um dia tentaram”. Então você ama alguém? Tente, aposte, mande “o bilhete” – metaforicamente falando (ou não) – e quem sabe se este pode ser o bilhete para a sua felicidade?
  O amor pode ser uma droga – você chora, enlouquece e vira um zumbi macabro quando leva um chute – mas quando dá certo pode ser uma delícia! E aí? Vai resistir?

Até a próxima.
Aquele BEIJO,
Rafa Vieira.
PS: Esta pessoa que vos escreve está tentando até hoje conhecer o Zac Efron, mas ela não sabe o endereço dele para mandar um bilhete de amor. 

Quem escreve? Rafa Vieira, escritora teen, autora dos livros “Depois daquele beijo” e “Sete Minutos no Paraíso”
Twitter: @7minnoparaiso

11 comentários:

  1. Oiii Danni, que máximo!!!
    Espero q a galera curta!!!
    S2

    Aquele BEIJO,

    Rafa

    ResponderExcluir
  2. Oi, flor! Eu adorei a coluna e estou esperando ansiosamente para as próximas!
    Sorte e sucesso, amada! :)

    Beijinhos ^^*

    ResponderExcluir
  3. Rsrsrsrs... tadinho do menino...
    =( eu nunca recebi um bilhete... A não ser que alguém os tenha interceptado e guarda esse segredo consigo.
    Adorei a coluna!
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi, Rafaella

    Adorei sua crônica, parabéns!

    ResponderExcluir
  5. eeee \o/ supersupersuper cool a coluna, a rafa escreve bem demis ;D

    ResponderExcluir
  6. Oi Rafa!!!
    Adorei, adorei e adorei
    Voce cada vez mas surpreendendo.
    Beijos amiga

    ResponderExcluir
  7. Todo mundo espera ser amado por alguem. Então, as vezes um bilhete pode abriri portas!! ;)

    Te amo primaaa...e a coluna ficou show!
    Beijããão

    ResponderExcluir
  8. A coluna ficou show ! Parabéns Rafa!

    Acho que você tá certinha, temos realmente que ir atrás de quem gostamos e também temos que saber a hora de desistir da pessoa :c rs'.

    beijos,

    Cantinho de uma garota
    @thalita0liveira

    ResponderExcluir
  9. Agora fiquei passada esse texto falou comigoo PQP! kkkkkkkk não vou mandar um SMS pra ele agorinha porque é madrugada mas quem sabe eu mande mesmo *-*
    Essa coisa de amor é que nem o vento, um hora aponta na direção de um garoto, depois aponta pra outro que ta lá na outra ponta... vai saber, muda de repente!
    Adorei a coluna ;*

    ResponderExcluir
  10. Que texto lindo, falou TUDO.
    Bjoca

    http://levepressentimento.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Opiniões sinceras são sempre bem vindas. Fique a vontade para comentar e eu responderei ao comentário em seu blog (caso não tenha blog, responderei por aqui mesmo).